Manter um casamento saudável e bem sucedido depende mais de pequenos gestos e atitudes cotidianas do que de um esforço fenomenal.

Romance é uma palavra interessante. Ele evoca todos os tipos de pensamentos para homens e mulheres: luz de velas, música suave, olhares de desejos. Alguns podem até pensar em uma caminhada no parque ou um passeio de bicicleta juntos. Mas não importa como você vê, romance é realmente o ato de cortejar uns aos outros; É um desejo de estar com alguém e agir de tal maneira que faz com que a pessoa deseje estar com você.

Para muitos casais, o romance é fácil antes do casamento – não havia filhos para distraí-los, sem pressões de finanças para lutar, sem hábitos irritantes para se conviver. Após o casamento, essas coisas começam a mudar, por esse motivo colocamos aqui algumas dicas de como manter um casamento saudável e bem sucedido.

  1. Amar o outro tal como é
    Especialistas não se cansam de repetir: ninguém consegue mudar o parceiro depois de trocar alianças. Mas lembre-se: ceder um pouco pode ser suficiente para obter harmonia no casamento e ainda incentivar a cara-metade a fazer pequenos avanços em certa atitude.
  1. Saber encerrar brigas
    Vira e mexe alguém tem de pedir desculpa, e não deve ser sempre a mesma pessoa. Será que ele é de fato o culpado em todas as situações? Tem mais: deslizes e insultos entalados envenenam a relação. Passe uma borracha em pequenas transgressões rapidinho e poupe energia para o que realmente importa.
  1. Aprender a negociar
    Os casais de hoje perderam essa capacidade primordial para a saúde da relação. “A negociação deve levar em conta padrões e valores de ambos”, diz. Se a sua família curte promover almoços todo domingo, mas seu marido acha isso uma chatice, que tal combinar que vão só uma vez ao mês?
  2. Livrar-se da bagagem
    Dores de romances do passado não serão resolvidas no atual. Se não consegue esquecer um trauma, como uma traição, cogite procurar terapia.
  1. Valorizar as semelhanças
    Os casais felizes ressaltam o que têm em comum (“Nós dois amamos filmes de ação”), enquanto os em crise só veem os abismos que os separam (“Poxa, eu gosto é de sair, ele não sai da frente da tevê”). Melhor ficar no meio-termo. Procure e cultive compatibilidades, mas não se chateie ou trave diante das divergências. Para tanto, recorra ao diálogo sincero
  1. Continuar a ser aquela gata de sempre
    Pode soar ultrapassado, mas os especialistas lembram que muitas mulheres ainda cometem o mesmo erro: caprichar na aparência no começo da relação e relaxar depois de casada. Mantenha-se bonita – principalmente para você. Vai aumentar a autoconfiança, o que é muito sedutor.
  1. Ser “nós” sem anular o “eu”
    É saudável guardar certos segredos, assim como preservar seus interesses, hobbies e programas prediletos. Toda semana você almoçava com amigas? Não pare. Ele curte ir ao estádio com o primo? Que vá. É fundamental que cada um seja o autor de sua história para construir outra em comum
  1. Ter vida social!
    Cinema, shows, viagens… Quanto mais atividades um casal fizer junto, mais próximo ficará
  1. Rir com o outro
    Bom humor é afrodisíaco.
  1. Ter memória
    Papear sobre o que já viveram é útil para lembrar por que vocês estão juntos e o que os aproximou. Rever fotos incentiva tais conversas.
  1. Entender que temos fases ruins
    E isso independe de ter ou não alguém ao lado. Ou seja, nem todo problema e toda tristeza são culpa do casamento.
  1. Ser mais tolerante
    “Não pedi para comprar suco? Por que ainda está aí parado?” Impaciência é um dos principais geradores de conflito no casamento. Entenda que as pessoas não têm o mesmo ritmo – e não é porque estão casadas que precisam passar a ter.
  1. Manter a discrição da vida de vocês
    Se há um conflito com seu marido, converse e resolva com ele. Nada de levar queixas para os seus colegas de trabalho. A vida de vocês deve ser protegida.
  1. Não pirar nas expectativas
    O casamento não pode ser a sua única fonte de felicidade. Está aí um erro comum entre as mulheres: depositar expectativas excessivas na relação. Acontece que, se você aposta seu total de fichas em uma coisa só, o risco de frustração é maior.
  1. Implantar o momento do romance
    Nem que seja preciso abrir à força espaço na agenda dos dois. Afinal, as preocupações cotidianas e o corre-corre podem minar o clima de namoro. A rotina atrapalha porque costumamos chegar muito cansados, aí ligamos a tevê ou o computador e acabamos não ficando juntos

A felicidade de um casal depende muito do empenho, desprendimento e doação de tempo e amor entre as partes envolvidas.

Que não percam nunca o brilho no olhar único e exclusivo como no Grande dia do Casamento.

Giseli Prado